Melhor adubo para beterraba: Dicas de adubação

Quer saber qual melhor adubo para beterraba? Vem com a gente conferir dicas incríveis para você otimizar o seu plantio e ter excelentes resultados.

Afinal, a depender do cultivo certos elementos possuem uma maior demanda e desempenham um papel fundamental para que o desenvolvimento das plantas aconteçam de forma adequada.

Publicidade:

Logo, se você está pensando em começar a plantar beterraba, ou está percebendo que as suas plantas não estão crescendo como deveria, saber como enriquecer o solo para fornecer especificamente as principais demandas desse vegetal, é muito importante.

Então, para esclarecer essa e outras dúvidas sobre essa cultura, preparamos esse texto. Continue a leitura para saber muito mais.

Melhor adubo para beterraba: Dicas de adubação

Melhor adubo para beterraba

Publicidade:

O melhor adubo para beterraba vai ser a soma dos nutrientes essenciais que a matéria orgânica oferece com o Boro, que se trata de um mineral de extrema importância para se obter bons resultados.

Já que está ligado a vários processos fisiológicos em todo o ciclo de desenvolvimento e produção do tubérculo. Por exemplo: respiração da planta, metabolismo, transportes de açúcares, estruturação da parede celular, etc.

Sendo assim, a falta ou carência desse elemento no solo pode gerar danos, tanto na fase vegetativa, como na fase de desenvolvimento da raiz, afetando assim a produtividade e a qualidade da beterraba.

Por isso, antes de darmos as dicas relacionadas a adubação orgânica, se você quer se assegurar em relação as necessidades do solo, no caso de plantações maiores, o mais recomendado é fazer um teste de análise.

Assim, você pode adequar essas carências e ajustes de maneira mais assertiva. Vale mencionar também que, o pH ideal para essa cultura é de 6,0 a 7,0.

Dito isso, confira abaixo:

Boro

Já que mencionamos esse elemento, vamos começar a falar sobre a adubação feita a partir dele. Sendo assim, o produto pode ser encontrado tanto de forma específica, ou seja ácido bórico, ou agregado com matéria orgânica por exemplo bórax, ulexita, entre outras.

Vale mencionar ainda que, o ideal mesmo é fazer adubação misturando esse componente ao substrato e depois da germinação, aplicar o Boro líquido nas folhas.

Esterco curtido

Muito conhecido por ser uma grande fonte de nutrientes para diversos cultivos, o esterco curtido, facilmente encontrado em qualquer loja de jardinagem ou de produtos agrícolas, passa por um processo natural que remove do produto excessos e patógenos.

Por exemplo, o esterco fresco, ou diretamente do curral, possui quantidades exageradas de nitrogênio e outros nutrientes, que podem causar um efeito reverso, ou seja, gerar danos ao cultivo.

Terra de compostagem

Esse é o produto obtido a partir de um processo de reaproveitamento do lixo orgânico. Nesse caso a terra é enriquecida com uma grande variedade de restos de alimentos que, com o passar do tempo, se decompões e agregam muitos nutrientes ao solo.

Húmus de minhoca

Esse é um tipo de adubo muito acessível e potente. É produzido a partir da digestão da matéria orgânica por esse animal. Além de assegurar uma nutrição de qualidade, pode inclusive prevenir algumas doenças na cultura.

Observação: o cultivo da beterraba é consideravelmente simples, a adubação deve ser feita no preparo do solo e refeita, em média, a cada três semanas durante a formação das raízes.

Adubos caseiros para beterraba

Melhor adubo para beterraba

No caso do seu cultivo ser doméstico, já que, com o crescente interesse das pessoas em plantarem alimentos, mesmo em locais pequenos, a beterraba passou a ser plantada também nesse contexto, você pode aproveitar vários ingrediente para fazer adubos caseiros potentes.

O melhor de tudo é que, além de oferecer elementos importantes para o desenvolvimento desse tubérculo, você irá contribuir com a redução da produção de lixo. Já que a maioria do que vamos citar, se trata de restos que normalmente seriam descartados.

Confira abaixo algumas sugestões:

  • Casca de banana: extremamente versátil, a casca de banana é rica em potássio e fósforo. Você pode triturá-las no liquidificador, ou mesmo cortar em pequenos pedaços e misturar ao substrato. Também pode ser utilizada para agregar nutrientes no caso de adubos compostos, ou seja, com mais ingredientes;
  • Borra de café: é uma excelente fonte de nitrogênio, o que é essencial para esse cultivo. Você pode misturar diretamente na terra, ou diluir em água para ir aplicando. De qualquer forma, é importante esperar ao menos 24h para utilizar adubos que contenham esse elemento;
  • Casca de ovos: vai fornecer uma explosão de cálcio para a beterraba. Você pode triturar as cascas dos ovos, produzir uma farinha e dispor no solo. Tenha em mente que quanto mais fino ficar, melhor será a absorção, que vai acontecendo gradualmente a medida em que a planta vai sendo irrigada.
  • Casca de vegetais: você pode também preparar receitas com diversas cascas de vegetais. A quantidade de nutrientes presentes nessa parte pode ser muito superior ao que de fato é consumido. Nesse caso, o mais recomendado são adubos líquidos ou pastosos, por misturarem uma variedade de ingredientes.

Você pode se interessar em ler também:

Conclusão

Esperamos que a sua dúvida sobre qual o melhor adubo para beterraba tenha sido devidamente esclarecido, bem como, que as dicas relacionadas a esse processo tenham sido úteis para você.

Conta pra gente o que você achou. Vamos realmente gostar de saber a sua opinião e como tem sido a sua experiência com esse plantio.

Obrigada por nos acompanhar até aqui.

Boa sorte e até a próxima!

Publicidade: